um amor chamado san pedro de atacama

1.10.15

Nosso voo saiu de São Paulo as 9 da manhã de um dia cinza aqui em São Paulo. Meu irmão me levou pro aeroporto as 7, depois de uma noite que eu não preguei o olho (não estava com sono porque estava ansiosa, e ainda estava terminando de arrumar a mala). Nós chegamos em Santiago por volta de uma da tarde e nosso vôo pra Calama saiu as 14 e alguma coisa. Chegamos e pegamos o transfer que eu já tinha agendado pela internet - o Licancabur, nome de um vulcão de lá - fomos com o motorista mais simpático, que no caminho já nos deu dicas de onde comer, se divertir, parou em alguns lugares na estrada pra gente ver o pôr do sol, tirou fotos e etc. Não lembro o nome, mas já foi como entrar com o pé direito naquela cidade pequenininha que eu nem pensava que iria ganhar o meu coração. No micro-ônibus havia uma plaquinha indicando que "propinas eram bem vindas", comecei a rir até entender que a propina deles é a nossa gorjeta, pena que eu não tinha trocado meu dinheiro por pesos ainda, ou teria dado algumas propinas pro motorista (só pela simpatia, porque o transfer já é bem carinho). As 8 da noite estávamos lá na porta do hostel, depois de quase 12 horas de viagem.

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Com muita terra, muito sol na cabeça durante a tarde, e muito frio durante a noite (e pela manhã), San Pedro de Atacama é uma cidade tão pequenininha - mas tão cheia de coisas maravilhosas - que só de escrever esse post eu já fico cheia de saudades. A primeira coisa que me chamou atenção foram os cachorros! Gente, quantos cachorros! Acredito que alguns sejam até de moradores que deixam soltos, mas 95% são de rua. Só que ao contrário do que vemos aqui em São Paulo - e em outras grandes cidades do Brasil - por lá eles parecem bem vindos (além de sadios). Não vi um cachorro machucado ou magro (todos gordos e grandes), não vi uma pessoa maltratando eles, e pensando agora: não vi nenhuma sujeira deles pelas ruas! Acho que pra cada quarteirão que a gente andava, encontrávamos uns 10 cachorros (todos mansos). Nem sei com quantos fiz "amizade" por lá, só sei que tenho algumas fotos dos meus migos dogs do Atacama, e eles são lindos.

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Além dos milhões de cachorros, também dei a sorte de encontrar o gatinho mais lindo do universo (depois dos meus, claro) na janela! Essa coisa fofa, além de receber muito bem o meu carinho, começou a ronronar e ainda pulou no meu colo (!!!!!!!!!!!). Falei pra minha mãe que iria levá-lo pra casa, já que ele me tratava melhor que os meus gatos, hahahaha. SDDS ruivinho charmoso!

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

O mês de setembro é mês de festas no Chile e eu só descobri isso quando estava lá. Eles comemoram o final da ditadura e o aniversário da independência. Descobrimos isso, porque: em um dia a Caracolles estava normal / no dia seguinte TODAS as casas e lojinhas ergueram suas bandeiras do Chile (e a bandeira que representa os países andinos, uma toda quadriculada e bem colorida) em suas portas / no dia seguinte a Caracolles estava repleta de bandeirinhas (tipo essas de festa junina) em toda sua extensão / no dia seguinte nos deparamos com uma festa no meio da praça. Esse patriotismo chileno foi outra coisa que me surpreendeu.


San Pedro de Atacama é uma cidade pequenininha, acho que é impossível se perder por lá - medo que eu tive quando chegamos - já que estava escuro e as ruinhas não são muito iluminadas. Cheguei até ficar com aquele ~~medinho de sair do hostel na escuridão (levamos uma lanterninha), mas vi que meu medo era bobo logo no primeiro dia. Lá a simpatia reina, a gente anda pela Caracolles conversando com os funcionários dos restaurantes e agências que ficam nos convidando pra entrar e conhecer o prato do dia ou os passeios que oferecem.


Não vi uma pessoa estranha, não vi ninguém pedindo dinheiro, não vi um assalto (como costuma ter em pontos turísticos). E como tem turismo ali! A cidade respira por causa dele.Toda hora dá pra ver algum mochileiro (ou muitos) passando, chegando, indo embora e enfim. Na segunda noite eu já sai muito mais tranquila (depois de sentir o clima da cidade) e levei minha lanterninha só pra não cair dentro das valas que tem por lá (uma amiga minha caiu ano passado, haha!), elas servem como um sistema de irrigação pras plantações (sim, perguntamos isso pra um morador de lá) e são enormes. Sabe aqueles cachorros enormes ali das fotos? Ficam em pé dentro delas!


Além de valas, cachorros, agencias e restaurantes, em San Pedro a gente encontra de tudo: farmácias, mercadinhos, cafés, arte de rua, hostels, hotéis mais ~~glamurosos, feiras, pracinha com banquinhos, igreja, universidade, museu, posto médico, banco, correios, casas de câmbios (muitas, muitas, lá tem uma rua que corta a Caracolles que é só pra isso basicamente) loja de roupas, loja de lembracinhas, lugar pra alugar bicicletas, aluguel de carros, lhamas... LHAMAS. Pois é. Encontramos lhamas! Alugamos bicicletas pra conhecer a cidade além do centrinho-caracolles-pracinha e afins (já adianto que quase morremos sem fôlego - alôu altitude - e de calor), e o caminho valeu a pena já que rendeu até umas selfies com as migas lhamas, que saíram correndo rápido porque se assustaram com um cachorro, mas tá ok.


Falei, hein? E nem deu pra contar tudo sobre a cidade. Nos posts seguintes vou falar da agência que fechamos, passeios, e depois (antes de começar a parte da Bolívia) conto sobre os restaurantes, sorvetes, lojinhas de San Pedro e sobre o hostel que ficamos. Uma última coisa que posso falar, é que vale a pena viver San Pedro além de ser apenas um ponto de estadia pros passeios (que é o que a maioria das pessoas costuma fazer). A cidade é uma graça, é simples, e depois de tanto bater perna eu fiquei com aquele sentimento de "aqui tô em casa" quando voltei pra lá pós Bolívia.

OBS: como eu levei um caderninho pra anotar sobre cada dia mas só lembrei dele quando já estava chegando em casa (essa sou eu), não vou colocar relatos divididos por dias, e sim por "partes" ou "temas". Ok? Ok. E depois de dias, finalmente esse post desempacou. Não tá nada fácil lidar com as 1.600 fotos que tirei com a câmera+celular+gopro (pois é), mas espero um dia conseguir organizar tudo.

Espero que tenham gostado do post e de San Pedro.
BEIJOS.

44 comentários

  1. MANDA MAIS POSTS, VAI MANDANDO POR FAVOR!!!!
    Não tenho nem dizer que se não fosse por você, dificilmente estaria planejando um aviagem nesse momento da minha vida <3 to tentando descobrir como que salvo todos aqueles audios que você me mandou pelo face hahahahaha
    As fotos ficaram lindas e dão ainda mais vontade de ir
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHHA ai miga, axo q n da pra salvar la, mas no q precisar é só perguntar ❤

      Excluir
  2. Ah, mas aqui no Brasil propinas tbm são bem vidnas AHAHAH just kidding.
    Em Roma eu vi bastante gato. E todos tbm muito bem cuidados. Fiz amizade com um no camping, coisa linda <3
    ADOREI o relato *-* eu só sei o que fiz nos dias por conta das fotos =P Aí vou lembrando e postando heh
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH. Encontrar felinos na viagem = melhor coisa né ❤

      Excluir
  3. SPA <3 <3 <3 Chi-chi-chi-lelelele <3
    Essa cidadezinha tam[em conquistou meu coração, Kah! Como não se apaixonar, né? Tem um clima tão gostoso, que sei lá, mesmo morrendo com o calor eu sai andando por lá e queria ver tudo. Fiquei pouco tempo e quero voltar porque não fiz nem a metade de coisas que queria. Também fiquei super impressionada com os cachorros, eu acho que nao vi gato, mas os cachorros foram muitos! <3
    E essas lhamitas, elas são tão lindas né? Vontade de trazer uma pra casa hahahaha
    Como eu comecei a viagem pela Bolivia, fiquei com esse sentimento de 'minha casa' por lá, e quando cheguei no Chile foi um pouco estranho por isso.. ahhaha
    Fotos lindas, lindas, e também concordo 'manda mais posts''!!!!! hahahaha <3 <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahuahuahaua. Acho que acaba rolando um apego com o lugar que a gente fica mai tempo, né? Quando cheguei em Uyuni eu super estranhei a cidade (em comparação ao Atacama)! HAHAH. E queria trazer muitas coisas pra casa: lhamas, flamingos, vicunhas, etc pena que né. E vou mandaaaaar muitos! ❤

      Excluir
  4. Ahhhhh que post lindo! Me bateu uma baita saudade desse lugar.
    Também fiquei impressionada com essa cidade, a segurança e com tudo mais. Quero mais posts da viagem <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu que falei de você no post, né? HAHAH que bom que gostou, migs ❤

      Excluir
  5. Adorei o seu diário de viagem hahaha Consegui me imaginar andando pelas ruas dessa cidadezinha simpática haha Os cachorros são super bem cuidados por serem da rua, né? O gato ruivinho também foi muito fofo! Não conhecia praticamente nada de San Pedro de Atacama e achei muito interessante acompanhar a sua experiência! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, que bommm que gostou ❤ e né? Quase não acreditei quando vi todos aqueles cachorros pelas ruas, e todos parecendo tão saudáveis. Pena que por aqui é tão diferente.

      Excluir
  6. Primeiro: que fotos maravilhosas!
    Segundo: meldels que delicia de lugar! Se eu já tinha vontade de conhecer o Chile antes, agora então! Que delícia saber mais da sua viagem assim <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom ler isso, Maki! Espero wur conheça em breve, pq o pouco que eu conheço já me fez ficar apaixonada ❤

      Excluir
  7. Ai meu zeus, os cachorros, o gatolindo, as lhamas, as bandeirolas... Fotos incríveis e sim, MANDA MAIS POSTS! Certeza que foi delícia essa viagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI MEU ZEUS ❤ obrigada, Ale! Vai ter muuuuitos posts ainda!

      Excluir
  8. Meeeu, passei aqui e pah, várias fotos lindas! Ainda não li o diário, porque estou meio enrolada mas lerei. Só queria dizer que as fotos estão lindas mesmo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAH, só você pra comentar pra avisar que viu o post mas depois volta pra ler tudo com calma ❤ obrigada, Su!

      Excluir
    2. Hahahhaa, agora li tudinho!!!! Gente, que vontade de conhecer esses lugares!!! Fiquei encantada com os cachorros enormes e com o pêlo tão brilhante! Parecem realmente bem cuidados e sadios! Como será que eles tratam de animais abandonados lá?
      E as ruas são muito charmosas! Parece que tudo tem muita história por ali, ainda mais que você chegou numa época tão festiva e importante!
      E que amor de lhama! Haha, elas são muito bonitinhas e engraçadas! <3
      Adorei o diário de viagem! Muito inspirador! Preciso juntar um dinheirinho pra fazer algo assim também!
      beijos!!!

      Excluir
  9. OLHA ESSES CACHORROS MANO, E ESSE LUGAR, E ESSE FILTRO CARA
    ASSIM NÃO DÁ

    ResponderExcluir
  10. 100% no chão e morrendo de inveja QUERO VIAJAR AGORA. (ps: o lay ficou muito lindo!)

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente apaixonada por todas as fotos desse post, Kah! <3 San Pedro de Atacama já parece lindo nas fotos, aposto que pessoalmente é mais maravilhoso ainda. Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Confesso que o meu coraçãozinho bateu bem forte lendo esse post. Que vontade de viajar, minha nossa! Adorei demais as fotos, vontade de abraçar todos os dogs, e o que é aquele gato ruivo, hein? Maravilhoso. Também não imaginava esse patriotismo do Chile, achei muito legal comemorarem o fim da ditadura. Aliás, a América Latina tem muitos encantos, orgulhinho de morar nela. Pena que tanta gente só vê Europa na frente e esquece de valorizar o que tem mais por perto. Já to ansiosa pra ver os próximos posts. Beijão!

    http://desapegomental.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Tem tanta coisa linda por aqui, essa trip só me deixou com vontade de conhecer muito mais <3

      Excluir
  13. Puxa acho q nunca fiquei com tanta vontade de conhecer o Chile! Que lindo saber do amor pelos animais, uma pena que aqui não seja assim tbm. As fotos tão lindas como sempre! Ansiosa pelos outros posts! bjo!

    Profetices

    Heart Clicks

    ResponderExcluir
  14. Já amei esse post por motivos de: tem lhamas/alpacas =P

    ResponderExcluir
  15. um dos posts de viagem mais legais que eu já liiiii! Nossa, que bacana toda essa experiência num lugar desconhecido, hein. Adoro ler esses posts lindos de viagens. As fotografias e os relatos sempre me encantam e por aqui não foi diferente ♥.
    Amei conhecer esse lugarzinho que mal conheço mas já considero pakas kkkkkk
    Muito bom!

    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, muito obrigadaaa, que bom que gostou ♥

      Excluir
  16. Um dos lugares mais incríveis que conheci, com certeza! Saudades ENORMES dessa mini-cidade tão charmosa. Eu também já fui para o Chile em setembro (pra Santiago) e me surpreendi com o clima de patriotismo na cidade. Bandeirinhas para todos os lados, mil comemorações... o maior barato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Ca, saudades enormes por aqui tb! ♥ não tem como não se encantar por San Pedro, né?

      Excluir
  17. Dá pra se teletransportar pra dentro dessas fotos? ♥

    Não conheço muito do Chile mas já me apaixonei. Não dá pra não amar lugar que tem cachorros, lhamas, simpatia e uma beleza natural dessas. Agora bom saber sobre as valas, porque do jeito que sou, ia cair numa com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAH, menina, eu tava morrendo de medo! Pq tb sou dessas que mal vejo e já cai, triste.

      Excluir
  18. Aiii que legal!! Tenho vontade de conhecer o Chile algum dia *-*
    Nossa, é tão diferente né? Muito legal conhecer outras culturas!
    E esse gatinho fofo.. ainnn <3.. também sou aloka dos gatos hahaha
    Adorei as fotos!
    Beijo!

    http://brigadeirodeamora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Cachorroooooos! ❤❤❤ hahaha. Que lugar mais maravilhoso! Obrigada por nos levar um pouquinho junto a você. :)

    ResponderExcluir
  20. AAAAAAAAAAAAAAAAAAI KAH!!!! QUE COISA MAIS LINDA, QUE DELICIA!!! Lembro que quando meu sogro falava que queria ir pro chile pq sentia que o povo lá era mais ingênuo e doce, eu achava que ele tava viajando! Mas pelo jeito não! Você, a cada post e a cada foto, me deixa com mais vontade de conhecer esses lugares! E, que coisa lu=inda, vou querer ir em setembro também, só [ra ver essas bandeiras e esse clima de festa! Alegria do dia é: não preciso esperar pro próximo post pq ele ja ta aqui no blog! hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHHA ♥ lá é bem assim mesmo! eu e meu amigo falamos justamente sobre isso: que as pessoas tem outro tipo de vida/outra malicia, sabe? É muito diferente. Eu não sei se é assim em todo o Chile, mas na cidade pequenininha de San Pedro é muito, e é muito amor!

      Excluir
  21. que emocionante! :) tenho muita vontade de conhecer o chile e muitas das coisas que você pontuou foram surpresas para mim tambem :)

    ResponderExcluir
  22. SOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOCOOOOORRO! hahahaha gente, que fotos mais lindas, que lugar mravilhoso. AMO CIDADES pequeninas, assim eu amo agitação de lugares como o rio e sampa, mas nada explica o amor do coração que eu sinto por cidades pequeninas, sei lá, parece que todo mundo se conhece, tem uma coisa muito acolhedor. Suas fotos estão tão lindas e os posts estão tão bons qu me dá vontade de ir conhecer lá.
    hahahahahahaha tá fazendo um trabalho lindo fazendo esses post. TO IN LOVE.

    ResponderExcluir

// os comentários são moderados & serão respondidos (quase) sempre
// sobre spams: not today, satan!
// obrigada pela visita ❤

© coffee & flowers POR KARINE BRITTO