cuidado com a burra

8.8.16

Eu me considero uma pessoa até que espertinha, nada como: NOSSA QUE INTELIGENTE, mas tenho os meu próprios méritos. Nunca tive dificuldade em aprender coisas. No colégio, além de química, nenhuma outra matéria me parecia difícil de lidar. Apesar de hoje em dia preferir humanas (fotografia é humanas, né gente?) eu nunca tive muitos problemas com exatas (me formei em arquitetura, sempre fui bem nas matérias de calculo estrutural). Mas tenho os meus momentos - e QUE MOMENTOS - que não sei de onde vem meu dom em fazer cagadas e falar asneiras. Essa última semana foi bem especial em relação a isso,  então achei que merecia um post :P

o brilho eterno de um filme sem lembranças.
minha pentax aparece toda hora em fotos no meu instagram, toda semana (praticamente) eu tô esfregando ela na cara de alguma rede social ou no blog (e acho que vai ser sempre assim porque a rory é muito linda, sorry). bom, no dia do picnic no bosque das cerejeiras eu terminei com o filme da bonitinha e pensei: NOSSA QUE ÓTIMO QUE MARAVILHA DEIXA EU REBOBINAR ISSO AQUI TO MUITO ANSIOSA SOS. aí que comecei a rodar a travinha onde rebobina sem pensar duas vezes. na hora veio uma voz na minha cabeça de: "hm, será que não deveria procurar no youtube um vídeo de alguém rebobinando pra ver se é assim mesmo?" e em seguida veio outra falando "ah, vai demorar pra achar, é só rodar isso aí e pronto". 

continuei rebobinando loucamente, mesmo sentindo que tava ~duro~ demais pra ser o normal. fiquei com medo? sim, mas ignorei minha consciência e continuei. até que uma hora tudo ficou MUITO leve e eu pensei: ou terminou de rodar, ou fodeu. olhei a indicação de poses e ainda tava no 36. pensei: FODEU. aí fui procurar no youtube sobre isso, e adivinhem só: tinha um VÍDEO MOSTRANDO COMO REBOBINAR logo ali na minha cara, super fácil de achar, encontrei em 1min. assisti o bonitinho e descobri que eu não apertei um R que fica embaixo da cam antes de começar a rodar a trava. como a cagada já tava feita, abri a tampa pra ver qual era. o filme tava inteiro dentro do tubinho (e minha esperança voltou).

levei pra revelar na segunda, voltei na quinta pra buscar. a moça perguntou meu nome começou a buscar, não achava. veio outra moça, perguntou meu nome pra outra moça, foi procurar, não achava. começou a me dar tique nervoso. até que vejo uma terceira moça chegando com meu envelopinho e com uma cara de: "coitada dessa amadora" *olhos cheios de lágrimas* (mentira, mas poderia ser): "olha querida, seu filme tá todo rasgado nas bordas, não passa na máquina pra fazer a revelação, sinto muito, são 10 reais". e foi assim que eu paguei 10 golpinhos e saí com negativos rasgados pelo centro de São Paulo, procurando algum lugar que revelasse fotos manualmente, não achei. pelo menos capturei vários pokemons diferentes nesse dia (o centro é daora pra isso) e continuei minha jornada pra se tornar uma mestre pokemon.

o cartão bloqueado.
tava em casa morrendo de fome, precisando trabalhar e pensei: "uma óreo com um cafézinho cairia bem, não? sim". então fui no mercadinho de sempre comprar. cheguei lá, peguei tudo que queria e fui pro caixa. digito a senha, senha incorreta. UÉ. 4 anos de conta, 4 anos com a mesma senha que nunca errei na vida. vou tentar de novo. digito a senha, senha incorreta. moça, não sei o que tá acontecendo, eu tenho CERTEZA que é essa a senha, vou tentar de novo. "se você errar de novo vai bloquear o cartão". digito a senha, senha incorreta, cartão bloqueado. *poker face*. tava sem a carteira, sem dinheiro, deixei as coisas no balcão e fui pra casa inconformada. liguei no banco pra desbloquear. "preciso confirmar alguns dados seus, moça". ok. confirmei nome da mãe, do pai, data de nascimento. fui passar meu RG, passei o último número errado e a moça não quis continuar o processo. "agora só indo em alguma agência". aí lembrei que a senha tava certa sim, só que era de outro lugar, já que a senha do cartão tem 4 dígitos, e eu tava colocando a de 6. e depois lembrei que meu RG não termina com 10 e sim com 8. HUE.


as fotos em baixa resolução.
quando fotografo ~seriamente (leia-se jobs) eu sempre deixo em RAW (é um tipo de arquivo que dá mais liberdade pra editar, mas que é MUITO pesado, cada foto fica com 20mb marromenos). então, quando faço fotos só pro blog, ou de encontro com migas, eu deixo em JPG em alta mesmo pela praticidade. domingo retrasado teve picnic do grupo bloggers out & about (que ainda preciso postar sobre) e levei a cam. comecei a fotografar e lembrei que a câmera tava em RAW, mudei a resolução pra uma menor, fiz umas fotos e filmei umas partes. no dia seguinte, fui no martinelli e tea connection com mais migas daqui do mundo bloguístico (que também ainda preciso fazer post sobre), fotografei, foi lindo, tudo ótimo. Fui descarregar as fotos desses dois dias, e: UÉ. alguma coisa errado. não aumenta mais? PQ TÁ DESSE TAMANHINHO? no domingo eu mudei a resolução sem prestar atenção no que tava fazendo, as fotos não estão nem com 800px de largura!1!!1 malemá dá pra postar no instagram sem ficar uma bosta. se eu quis morrer? SIM. MUITO. pelo menos isso não afetou os vídeos do picnic (tks gódi). 

stranger things que acontecem porque essa life is strange. 
postei essa foto no instagram e recebi um comentário da babee:
- gente, rolaria fácil um ensaio de Life is Strange neste cenário 💞
respondi:
- preciso assistir esse seriadinho 💜
ela falou:
- é jogo, miga
respondi:
- li STRANGER THINGS :P cuidado com a burra HUEHEU

no final, eu baixei o jogo (que conhecia por nome e fotos) já que descobri que o primeiro capítulo está grátis na steammas ainda não joguei por falta de tempo, hehe. e finalmente consegui assistir stranger things, que AMEI & ACHEI TUDO. quem mais é apaixonada por essa lindezinha do Dustin? 

CERTAMENTE OS MEUS AMIGOS FALANDO SOBRE EUZINHA
¯\_()_/¯

BEIJOS! 
© coffee & flowers POR KARINE BRITTO