KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Quase um ano atrás, em Abril de 2016, dois dias depois de completar meus 26 aninhos, eu estava embarcando para minha primeira viagem sozinha (se é que eu posso chamar assim). Fiz um roteiro doido e cheio de paradas, tudo isso só pra economizar uma graninha e conseguir chegar no Rio Grande do Norte sem pagar mais de mil reais pela passagem (como que as cias aéreas conseguem cobrar TUDO isso nessa época do ano? eu não sei). Como eu tinha tempo, e como as passagens para Brasília são relativamente baratas (saindo de sp), incluí a capital no roteiro. Com isso aproveitei para matar a saudades de lá e conhecer pessoalmente a miga Milca 

Em Brasília, peguei um voo para Recife (melhor aeroporto, por motivos de: tem uma estação de metrô do lado), saí carregando minha mochilinha nas costas de 60 litros, risos até a rodoviária e peguei um ônibus até Natal (cerca de 4 horas de viagem, passagem por 70 golpes). Revi a família no Rio Grande do Norteconheci muitas cidades pequenininhas do interior, aproveitei um pouco a capital, e fiz as malas para voltar para Pernambuco de ônibus e aproveitar meus últimos dias de folga em Recife. UFA. Acabou. Mas só porque cancelei minha parada na Paraíba (onde pretendia conhecer João Pessoa) já que acabei ficando mais tempo no RN do que o planejado, então de Natal segui direto até Recife. E aí vocês me perguntam: compensou todo esse rolê? Pra mim, sim. As passagens aéreas de SP > BSB > PE > SP saíram pela metade do preço do que eu pagaria em uma direto para o RN. E como só paguei hospedagem em Recife, os gastos além disso foram bem pequenos. 

Apesar dessas mil paradas, essa viagem doida não foi planejada milimetricamente, coisa que aconteceu com minha viagem para o Atacama + Salar de Uyuni. Eu selecionei alguns lugares em que gostaria de passar em cada cidade, mas deixei tudo bem em aberto, sem roteiros prontos. Foi bom por ter sido um estilo diferente de viagem do que estou acostumada. Porém, sinto que poderia ter aproveitado mais (especialmente em Natal e Recife). A vida tem dessas. 

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Cheguei em BSB no meio da tarde e lá estava a Milca, essa maravilhosa, e o Rodrigo (seu namorado). Os dois foram guias incríveis pra mim, só tenho agradecer por: em outubro de 2014 ter criado o blog; por ter entrado no rotaroots (meodeos, faz tempo) e ter me oferecido para participar de um 7 on 7 com mais seis meninas que eu não conhecia; e pela Milca ter feito o mesmo ❤ nos aproximamos por causa do nosso amor pela fotografia, viramos amigas, e a ~desvirtualização aconteceu aí nessa viagem, dois anos depois. Não é incrível? 

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Nesse primeiro dia nós não fizemos muita coisa além de conversar e tirar muitas fotos no Pontão Sul, esse pedaço de BSB que tem cara de ~praia. Esse ponto turístico é cheio de restaurantes, bares, entre outros espaços de lazer (para todas as idades). Não tinha conhecido esse lugar na primeira vez que viajei para Brasília (em 2010, com a faculdade de arquitetura) e achei MUITO amor ter um espaço assim por lá. Brasília não tem mar, mas tem esse lago lindo (e enorme). As pessoas nadam lá! Praticam esportes, andam de lancha. A paulistana aqui (acostumada com os rios poluídos) ficou assustada com toda essa maravilhosidade e BSB roubou mais um espacinho do meu coração.

KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt
KARINE BRITTO FOTOGRAFIA | instagram.com/karinebrtt

Depois de aproveitar a paisagem e as florzinhas, passamos de carro pela ponte JK, outro lugar de BSB que eu não conhecia (só tinha visto beeeeem de longe). Tiramos poucas fotos porque a luz já estava indo embora, mas combinamos de voltar no dia seguinte. De lá seguimos para casa da Milca, porque além de amiga-fotógrafa-guia maravilhosa, ela também foi minha host 

/

Os posts sobre essa viagem estarão na tag BSB + RN + PE, em breve saí o post sobre o meu segundo e terceiro dia em Brasília :) espero que tenham gostado, beijos! 

Contact

@KARINEBRTT