sobre amores (e felinos)

10.9.17

sobre amores (e felinos) / blog coffee & flowers

Dessa vez o tema do DAY BY DAY é amores. E eu passei algumas boas horas do meu dia quebrando a cabeça, pensando sobre quem ou o que poderia falar por aqui. Já que, né? Esse blog é lotado das coisas que eu amo. Fotografia, gatos, viagens, cafés... tem basicamente tudo que faz parte dos meus dias. Queria trazer algo ~novo, algo que ainda não tivesse falado. Escrevi algumas coisas, deletei, me cansei. Larguei o note e fui dar uma volta pela casa (volta de 10 segundos já que moro em um apê minúsculo) e encontrei eles, isso mesmo, os gatos. Charlie & Summer deitados pertinho da janela, tirando um cochilo enquanto aproveitavam a frestinha de sol passando pelo vidro. Poderia ter fotografado, mas não aconteceu. Só me joguei na cama da minha mãe e fiquei com a cabeça perto dos dois, pensando na vida. Pensando nesse blog, nesse post do projeto. Aí conclui que ele seria sobre um tema -nada inovador- que já foi falado mil vezes por aqui: os meus gatos.

Quem me vê sendo a louca dos gatos™ nem imagina (ou até imagina porque acho que já falei sobre isso aqui) que até poucos anos atrás -quatro, pra ser mais exata- eu tinha um doguinho. Um Poodle chamado Lippy, que entrou na minha vida quando eu tinha só 7 anos. Ele viveu 16 anos comigo e partiu em 2013, deixando um vazio imenso aqui em casa. Mas, apesar de amá-lo, a minha relação com ele era diferente da que tenho com meus dois felinos. Ele entrou muito cedo na minha vida, eu não tinha responsabilidades com ele além de brincar e fazer carinho. A humana dele aqui em casa era minha mãe, sempre foi. Ele me considerava mais como uma ~irmã, se é que vocês me entendem. Alguns anos depois, quando segui o meu chamado de me tornar 'a louca dos gatos' e adotei a Summer, sabia que as coisas seriam diferentes. Aí alguns meses depois o Charlie chegou, o gato mais manhoso e chorão do universo, e meu atestado de 'mother of cats' foi tatuado na testa.

sobre amores (e felinos) / blog coffee & flowers

Hoje em dia eu sou acordada com miados escandalosos quando o Charlie acha que já dormi demais e está na hora dele ganhar um pouco de atenção. Me surpreendo quando a Summer fica carente e me procura querendo uma humana para afofar e ronronar em cima. Ou com o Charlie, que só de encostar ronrona em alto e bom som, não regula declarações de amor. Dou risada com os dois correndo pela casa igual loucos, derrubando tudo que encontram pela frente. Ou quando começam a brincar de lutinha, Summer sempre mais violentazinha, e o Charlie me olha com uma cara de desespero pedindo socorro. Morro de amores quando vejo os dois dormindo juntinhos, trocando beijineos ou tomando banho de sol juntos. Vivo com os braços arranhados e com as roupas pretas lotadas de pelos. Me pego pensando 'como bichos tão bonitinhos conseguem fazer coisas tão fedidas?' quando preciso limpar a caixa de areia. Fico imóvel na cama quando acordo e percebo um peso em cima das minhas costas, porque um dos dois está ali (talvez os dois). Ou me assusto quando abro os olhos e me deparo com uma bola de pelos dormindo em cima do meu travesseiro, bem na frente da minha cara. Fico louca quando a Summer consegue fugir de casa -essa gata é uma rueira vagabunda- e corro pelo prédio atrás dela, morrendo de medo que ela encontre algum cachorro solto pelo caminho. As vezes me irrito com a carência absurda e necessidade de atenção que o Charlie tem, ou com os estresses da Summer, que do nada passa a odiar todo mundo e fazer birras. Mas no minuto seguinte fica tudo bem. Fica tudo bem porque, apesar de alguns eventuais prejus e coisinhas quebradas por certos bundões™, o amor que volta é sempre muito maior. Agarrar felinos e ser -assumidamente- a louca dos gatos é uma das melhores partes da minha vida. Indico muito. E é por isso que entre tantos amores compartilhados aqui, nunca me canso de falar sobre esses dois.


Espero que tenham gostado do post! Tô achando bem ~curioso que até agora os temas desse projeto estão me estimulando mais a escrever do que fotografar, haha :) migas que estão participando: Sabe o Inverno?, Claudia Mesmo, Leuxclair, Outro Blog, We Want, Nosso Relicário, Desancorando, Já Fomos Legais & Follow Cíntia.

BEIJOS
© coffee & flowers POR KARINE BRITTO